Mundo Alternativo: meus piercings!!

by 09:50 0 comentários
Bom dia!!! A partir de hoje vou começar uma nova "série" aqui no blog e lá no canal, e como o título mesmo já diz ela se chamará Mundo Alternativo, o que quero trazer com esses posts e vídeos são dicas, explicações, opiniões, um bate papo sobre as coisas que rodeiam o mundo do estilo alternativo, que particularmente eu adoro!!!
Para começar escolhi o tema Piercings, como disse no vídeo é um assunto já meio batido, mas acho válido falar sobre ele pois conto sobre minhas experiências pessoais, o que pode acabar ajudando algumas pessoas!!
Então, bora ver o vídeo!!


Para ajudar a esclarecer  um pouco, ai vai uma pequena explicação sobre cada uma das joias que tive:

Surface na nuca:

                                                          Fonte da imagem: weheartit.com/entry/group

"A perfuração na nuca, um dos tipos de piercing surface, ainda não está entre as mais populares no Brasil, embora já seja bastante usual em outros lugares do mundo. Esse piercing, que pode ser aplicado na vertical ou na horizontal, compõe-se de uma haste, levemente envergada ou flexível e de tamanho variável, com uma bolinha em cada extremidade – na pele, somente as bolinhas serão visíveis.Esse tipo de perfuração exigirá cuidados ainda mais constantes e tem um alto risco de rejeição se não for devidamente aplicado e avaliado. A nuca é um local de constante movimentação e atrito – com as roupas e cabelo, por exemplo-, o que dificulta a recuperação da pele e a torna mais propensa a irritações. Justamente pelo movimento constante o tempo de cicatrização do piercing na nuca é lento e pode levar até oito meses."
Fonte: Arte no corpo

Dicas de joias surface:
Fonte da imagem: maxdogancho.wordpress.com/2012/01/30/surface-joias-tecnicas-e-ferramentas-certas

Anti tragus:
                               Fonte da imagem: www.piercingtime.com/piercing/vertical-tragus

Conhecido como Vertical Tragus Piercing, também é um surface.

Tragus:
                                                Fonte da imagem: www.canelabox.com

"O piercing no tragus se encontra entres os piercings mais populares feitos por homens e mulheres(...) A dor é maior durante a perfuração. Tudo vai da sua tolerância a dor. Nos primeiros dias, pode ser que você sinta um pouco de dor ela vai diminuindo a cada dia que passa – caso não ocorra complicações. A dor é suportável, principalmente por não existir quase nenhuma terminação nervosa na região do tragus."
Fonte: planetapiercing.com/piercing-tragus

Transversal:
                     Fonte da imagem: desordemextrema.blogspot.com.br/tipos-de-piercings

Este tipo de piercing também é conhecido como Industrial.
"A dor não é tão intensa, mas provavelmente você não poderá dormir do lado furado por algumas semanas por estará sensível. Existem alguns tamanhos a serem escolhidos, por exemplo se você escolher um furo perto do outro ele ficará pequeno, mas você pode escolher de um lado da orelha até o outro ou de cima para baixo para ficar maior. Não se esqueça de comprar o piercing e levar até o estúdio no qual será feito o procedimento, pois assim ele poderá ter a noção exata do tamanho e o local onde você pretende furar."
Fonte: www.artenocorpo.com/piercing-transversal-na-orelha

 Septo:
                                                    Fonte da imagem: www.pinterest.com

"O piercing no septo é um tipo de piercing de nariz colocado ao centro das cavidades nasais. A perfuração é bastante popular e as joias mais utilizadas são as argolas e ferraduras. Em um estúdio especializado, um profissional irá limpar e demarcar a área que será perfurada com uma caneta, para que o piercing não fique torto. Em seguida será utilizado um cateter. Como a região é rígida e espessa, o impacto do furo será mais forte do que em outras regiões. Depois da perfuração, o profissional irá colocar e fechar a joia. Após o processo, a região deverá permanecer inchada por cerca de cinco dias. A dor do piercing e o impacto do furo podem variar entre moderado e intenso, dependendo da sensibilidade da pessoa. Durante o processo de cicatrização, a região pode permanecer dolorida, especialmente se houver atrito constante. A cicatrização do piercing no septo deve levar entre 30 e 60 dias – o tempo varia de acordo com a resposta imunológica da pessoa."
Fonte: www.artenocorpo.com/piercing-no-septo

Umbigo:
                    Fonte da imagem: www.conteudogeral.com/moda/acessorios/piercing-no-umbigo

"Uma vez que você decidir que quer manter um piercing no umbigo, a primeira coisa a saber é a de tomar uma série de cuidados que serão essenciais para a boa cicatrização da ferida perfurante você chegar a essa área.Com um cotonete estéril, o que você vai fazer é passar os 2 aberturas do piercing do umbigo de iodo ou anti-séptico. Antes que você deve sempre lavar com água e sabão irá evitar a ferida e formação de tecido cicatricial ao redor do piercing. Outro dos cuidados é certamente usar roupas soltas até você se acostumar com o piercing. Lembre-se de quando você tomar banho seque toda a parte do umbigo."
Fonte: www.artenocorpo.com/cuidados-do-piercing-no-umbigo

Nariz:
                     Fonte da imagem: piercing-nariz-nostril-ouro-branco-ou-amarelo

Também  conhecido como Nostril.
"Para quem fez o furo recentemente é importante limpar adequadamente para não infeccionar a região, por isso é importante lavar a região todos os dias para evitar o inchaço, a vermelhidão, ardência e coceira. Esses são sinais de que o seu piercing está inflamado. Não retire a joia nos primeiros dias ou se tirar não deixe por muito tempo sem para que o furo não se feche ou caso você tenha dificuldade para colocar sozinho e não consiga. A terceira dica é não ficar brincando com o piercing o tempo todo. Não use joia de prata nos primeiros meses, ela oxida a região e pode deixar manchas escuras na pele por muito tempo."
Fonte: www.artenocorpo.com/piercing-no-nariz

Cartilagem:
                          Fonte da imagem: planetapiercing.com/piercings-na-cartilagem

Também conhecido como Hélix.
"A perfuração demora 1 mês ou dois para cicatrizar. Pode parecer cicatrizado em menos tempo. A perfuração demora de dois à três meses para cicatrizar por completo. Pode parecer cicatrizado antes disso, mas cuidado para não maltratar o piercing novo, pois você pode acabar tendo quelóides. As perfurações do lóbulo são consideradas praticamente indolores. Nos lóbulos mais finos não doe nada. A perfuração da cartilagem pode ser um pouco mais dolorosa, principalmente se for sem anestesia. (...)Use sabão anti-séptico e soro fisiologico, para hidratar o local."
Fonte: www.bossetattoo.com.pt/cuidados_piercing.

Dentro da cartilagem:
                                   Fonte da imagem: piercing-cartilagem-tragus-helix-em-aco

Também conhecido com Daith.

"Uma perfuração Daith é uma perfuração da orelha que penetra na cartilagem  muito perto do canal auditivo. Quando bem colocado, ele também pode aparecer escondido na orelha, com apenas uma parte da jóia de fora. Por causa de sua colocação, esse piercing cartilagem requer cuidados especiais para prevenir a infecção. Esse piercing devem ser colocado com cuidado, e nem todas as pessoas têm a anatomia para acomodar um piercing Daith. O Daith tende a acumular sujidade, o que pode ser perigoso durante o processo de cura. De um modo geral, pós-tratamento envolve a lavagem do local suavemente várias vezes por dia com um sabão antimicrobiano leve, e usando um sal do mar embeber para promover a cicatrização saudável e reduzir o inchaço. Porque é um pouco difícil de mergulhar a área convencionalmente, algumas pessoas fazer isso por imersão almofadas de algodão em água salgada e segurando-os para o piercing. Manter um piercing Daith limpo é importante. O piercing também pode impedir, por vezes, a passagem natural de cera de ouvido, por isso é uma boa ideia limpar suavemente a área uma vez por semana quando  o piercing estiver totalmente curado para manter o local limpo."
Fonte: www.askdrbird.com

Abaixo uma imagem mostrando as perfurações mais comuns na orelha:
                             Fonte da imagem: www.tintanapele.com/piercing-orelha

Então é isso, espero que tenham gostado!
Beijos e até a próxima!

Thaís Angel

Autora

Molas ao Vento.